©©-em-rede

Sobre          Cursos           Espaço           Realizações           Pessoas           Contato

Direção de Arte:
Outros sentidos


Curso online
#direçãodearte  |  #design |  #processoscriativos


com
Giulia Fagundes
Roma Jo
Juca Nogueira
Gabriela Namie

Serviço

23/11, 25/11
30/11, 2/12
19h30 ︎︎︎ 21h30

R$570,00
ou 3x de R$190,0














Sobre


Neste ciclo de aulões-masterclasses inédito acompanharemos a produção, prática, estratégias e perspectivas críticas de 4 profissionais atuantes, que vêm tensionando e questionando os sentidos e compreensões do campo-expandido da Direção de Arte.

                   A escolha do grupo condensa um prisma de atuações que além da excelência técnica e potência conectora,apresentam visões e discursos urgentes em relação ao seu campo profissional, enquanto agentes e atores da força de trabalho dentro das indústrias da imagem, design e comunicação, e ao redor do mundo, de nossas comunidades-redes, à insurgência de ações e interpretações mais conscientes, conectadas, diversas, sustentáveis e colaborativas.

                   Através da partilha de aprendizados pessoais, estudos de caso, trabalhos em processo, Giulia Fagundes, Roma Jo, João Nogueira e Gabriela Namie conduzirão um ciclo de aulas-debates a partir de suas vivências particularidades, referências e valores compartilhados visando estimular outros sentidos ao que se concebe por Direção de Arte.

Aula 1: 




            Como entender meu papel co mo designer vindo de um lugar fora do contexto em que o design é colocado? A importância do pensamento crítico do designer e o entendimento do design como uma ferramenta que pode auxiliar e amplificar temas pertinentes - ou nem tanto -, sem que nos esquecemos de suas limitações como profissão.

 


Giulia Fagundes é designer gráfica e vencedora do Festival Latino Americano de Design 2020 como Jovem Talento. Participou do júri do Young Guns 18 e de outros como o Brasil Design Award 2020, além de ter recebido um leão de ouro no festival de criatividade Cannes Lion 2021. Seu principal interesse é abordar questões políticas por meio de seus projetos e reflexões, visando um design mais heterogêneo. Características que se expressam em seus projetos como designer independente.




Aula 2

            
          A direção de arte como ofício transdiciplinar e suas
possibilidades de designar novos caminhos possíveis de
mundo, corpos e identidades. Tencionaremos o binarismo
entre arte e design, abraçando a contradição de se trabalhar
com arte comercial, mas sem perder de vista a necessidade
de se projetar para o mundo real e das vivências como
catalisadoras no processo criativo.  



Diretora criativa, diretora de arte e pesquisadora visual. Desenvolve projetos locais e globais em diversos formatos audiovisuais: filmes, campanhas, foto, vídeo,set design e projetos gráficos –da concepção á implementação. Hoje é Design Leader na agência Soko e atua também de forma autônoma. Em 2021 integrouo 30 under 30, lista dos jovens talentos brasileiros mais promissores nas áreas de comunicação, marketing e mídia pelo Meio & Mensagem. Já trabalhou com marcas como Goo

Aula 3



            Uma conversa sobre cotidiano, classe e trabalho no Design Gráfico. Em duas horas de papo vamos tatear o dia-a-dia de um estúdio independente, descobrir juntos se há método por trás da mesmice do explore do Instagram, destronar o termo “criatividade” e substituí-lo por outros à nossa escolha.





Meu nome é João, mas desde os 10 me chamam de Juca. João @oujuca eu atendo. Trabalho como designer gráfico no @estudiomargem desde 2017, antes como estagiário e hoje como associado. Já fui impressor na Meli-Melo Press e lanterninha no Itaú Cinemas. Me formei em arquitetura pela FAUUSP, mas foi num curso de verão da Werkplaats Typografie que me encontrei no ofício do Design Gráfico.Tenho experiência com clientes variados, dos setores da arte, moda, arquitetura, publicidade, educação e cultura. E já fui premiado no It’s a Book Leipzig 2019 com o projeto “Espião Cego”, no LAD Awards com o título “Fractais Tropicais” e já participei de uma exposição de cartazes na Porto Design Biennale 2019 através do programa “Internal Affairs”. Me inspiro nas unhas da Alcione, nos looks de John Galliano e nas composições da Fiona Apple. Me interesso por dar cara à ideias que já têm corpo.


Aula 4



            Gêneros musicais costumam nascer em associação a uma bandeira específica. O punk, por exemplo, é associado a ideias anarquistas e niilistas, que são expressadas em seu ritmo e letras. Visualmente, essas ideias também são refletidas. A música carrega significados além de si própria, assim como o design. Nosso trabalho é constantemente definido por restrições técnicas, questões sociais e políticas. Vamos identificar e decodificar os aspectos técnicos e conceituais do design através da música.


Gabriela Namie é uma diretora de arte e designer brasileira, morando em Nova Iorque. Atua hoje como diretora de arte no Google (YouTube Music) e antes disso co-fundou o Estúdio Barca em São Paulo e foi designer senior no estúdio Sagmeister & Walsh. Ela já trabalhou com marcas como Spotify, Nespresso, Natura, Globo, Skol, etc. Seu trabalho foi reconhecido pela revista Form, podcast Diagrama, Bienal Brasileira de Design Gráfico, Indigo Awards, A'Awards, etc. Este ano foi nomeada vencedora do prêmio Young Guns (Art Directors Club).





︎︎︎Inscrições


Pagamentos via pix, cartão de débito e crédito em até 3x.

︎︎︎Bolsas 


1/3 das vagas de todos as nossas atividades são destinadas à bolsas integrais. Para se candidatar basta preencher o formulário.








Tem dúvidas ou precisa de mais informações?
︎︎︎ espaco@espaco.cc






ESPAÇO.CC


Online
/em rede

Instagram
Facebook
Newsletter

espaco
@espaco.cc